azulejos.com

"AZULEJO" - Placa de cerâmica, pintada e vidrada numa das faces, utilizada no revestimento de paredes (do ár. az-zuleij,«id», pelo cast. azulejo,«id»)
Um olhar amador sobre uma arte que me agrada muito.

sábado, 10 de janeiro de 2009

PARTILHA - XIV

Azulejos de partilha. De Escorpiao e de Agrades a quem vou pedir um comentário, se assim o entenderem. Obrigado.
ESCORPIÃO







AGRADES








8 Comentários:

Blogger Bichodeconta disse...

Bravo, sou a primeira a chegar.. Parabéns, nós Portugueses temos de facto um património incalculável em azulejos..Infelizmente, como tudo o que é nosso, estamos a deixar degradar tudo, fica para a posteridade a arte de quem se cruza com estas relíquias e não resiste , e click mais uma vez e outra e outra..Há pouco tempo, subindo a pé no sentido do Bairro Alto, num dos muitos prédios em ruinas , deparei-me com uma caravela em relevo, uma autentica preciosidade, dizem ser peça única .. Mas não se preserva a arte, e a cultura.. Um abraço, Ell

10 de janeiro de 2009 20:03  
Blogger TMara disse...

olá Zé. Como vais?
Tenho anadado mtº afastada. Primeiro as festas, com as 3 filhas e neta. A filha k vive em Londres esteve cá uma semana e...
Depois - e AINDA - o PC desliga a net.
no máximo - qnd o rei faz anos tenho 15' seguidos - o comum é entre o1º ' e os 5. Perco os textos, as respostas aos emails....enfim gasto 7 ou 8 x o tempo k necessitaria para fazer o mmm em condições normais.
De resto está tudo ...normal.
Os azulejos são mtº bonitos e com óptima definição. Obrigada aso 3 por esta partilha.
Bom f.s.
Bjs
Luz e paz contigo meu amigo

10 de janeiro de 2009 23:13  
Blogger M. disse...

Que lindos, Zé! Verdadeiras preciosidades. Obrigada pela partilha.

11 de janeiro de 2009 10:23  
Anonymous Anônimo disse...

Viajante:
As fotos que te enviei foram tiradas a caminho de Óbidos, numa estação de serviço da auto estrada, e é um painel muito interessante de Eduardo Nery; as outras são da Ericeira, no centro, junto ao mar; a Canastra é de um restaurante com o mesmo nome; temos também de uma casa, na mesma zona e nas furnas, aqueles muito antigos...
Não sei mais nada sobre eles...
Um abraço,
Agrades

11 de janeiro de 2009 12:00  
Blogger viajante disse...

Obg. Agrades
Fica a informação mt mais completa.

Falta o Escorpião, mas talvez logo, o convença.

11 de janeiro de 2009 13:47  
Blogger paradoXos disse...

Azul - de toda arte - em pedra pintada com requinte - lejos!

gostei desta passagem - uma forma diferente que me despertou...!


abraços meus!

11 de janeiro de 2009 16:57  
Blogger escorpião disse...

Os 5 1ºs são de Algoso, uma terriola para Trá-os-Montes, onde para visitar o castelo tivemos q pedir as chaves no café...
Os outros são na Régua à entrada de um Hotel com vista para o Douro e à beira dos barcos q fazem aquele caminho até ao Porto...

12 de janeiro de 2009 14:21  
Anonymous Anônimo disse...

Uma bela recolha de amigos para o nosso "amante-viajante-de-azulejos". Gosto de ver estas partilhas dum vício que - bem sabes - também me provoca o olhar.
Bjinhos (da bettips)

13 de janeiro de 2009 23:54  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial